20160104-AlstomOs trabalhadores das empresas Argoweld, Rainbow Equation e Industrial Modem (a grande maioria com vínculos de trabalho precários), que estiveram concentrados ontem e hoje à porta das instalações da General Electric (ex-Alstom, empresa onde prestam serviço, em Setúbal), obtiveram uma vitória.
5.1.2016

 

Valeu a pena lutar contra a anunciada pretensão, por parte das entidades patronais, de reduzir o valor da retribuição (preço da hora de trabalho) e atacar outros direitos.
Para que as empresas recuassem e fosse mantido o valor pago por hora, ficando salvaguardados os direitos, foi fundamental que houvesse solidariedade e unidade de todos os trabalhadores, refere o SITE Sul, numa nota de imprensa divulgada após um plenário, realizado esta tarde.
Este caso de persistência, unidade, acção e luta dos trabalhadores, com o apoio do seu sindicato de classe, constitui a prova viva que vale a pena lutar e mostra como estar sindicalizado é, sem dúvida, estar mais seguro.

 

Ver também:
- Nota de imprensa do SITE Sul
- Nota de imprensa da União dos Sindicatos de Setúbal
- Contra cortes patronais na Alstom/GE (5.1.2016)