20170310ThyssenkruppEm greve, com adesão elevada e com impacto nos vários locais de trabalho, os trabalhadores da Thyssenkrupp Elevadores mostraram hoje, uma vez mais, que não vão baixar os braços na luta por aumentos salariais justos, com um mínimo de 37 euros para todos, entre outras rubricas do Caderno Reivindicativo para 2017, apresentado pelos sindicatos da Fiequimetal na empresa.
10.3.2017



Durante este dia de luta realizou-se uma concentração, de manhã, frente aos serviços centrais da empresa, em Massamá, e outra no Porto, na Praça da Liberdade. De tarde, vários trabalhadores deslocaram-se para Lisboa, onde participaram na acção realizada pela Fiequimetal.

Uma outra jornada, com greve e concentrações no Porto e em Lisboa, decorreu no dia 24 de Fevereiro.

Ver também:
- Notícia na Porto Canal
- Greve da Thyssenkrupp nas ruas de Lisboa e Porto (24.2.2017)

Algumas fotos das concentrações