20170404INCM MinFinHoje, às 15 horas, realiza-se um plenário de trabalhadores da Imprensa Nacional Casa da Moeda, frente à sede da empresa, seguindo-se uma deslocação à Parpública, persistindo na luta por aumentos salariais. Dia 18, numa reunião com os sindicatos da Fiequimetal, o secretário de Estado do Tesouro e das Finanças remeteu qualquer perspectiva de actualização salarial para 2018.
21.4.2017



Nesta reunião, os representantes do SITE CSRA e do SITE Norte reafirmaram ao Governo a exigência de um regime de excepção para os trabalhadores da INCM, em relação à actualização dos salários para o ano de 2017, dado que está em curso um processo de revisão global do AE.

No entanto, o secretário de Estado invocou a Lei do OE 2017 e recusou qualquer regime de excepção para os trabalhadores da INCM, apontando como perspectiva o ano de 2018.

Esta resposta não satisfez os representantes dos trabalhadores e dos sindicatos, que declararam a determinação de persistir na exigência de aumentos salariais junto da administração e do Governo.

Conhecida esta posição do Ministério das Finanças, a administração da INCM suspendeu as negociações do AE até Novembro de 2017.

A Comissão Sindical (SITE CSRA e SITE Norte) vai continuar a desenvolver todos os esforços para atingir os objectivos e as justas aspirações dos trabalhadores da INCM.

Ver também:
- Comunicado da Comissão Sindical
- Governo reagiu à luta persistente na INCM (4.4.2017)