20170526CabelteNo dia 26, a terceira sexta-feira consecutiva com greves de duas horas e concentrações à porta das instalações, os trabalhadores das fábricas do Grupo Cabelte em Arcozelo e Ribeirão voltaram a demonstrar a sua unidade e firmeza, na luta por melhores salários e contra a discriminação patronal.
29.5.2017

 

A grande adesão a mais esta jornada confirmou a força dos trabalhadores nesta luta, organizados no SITE Norte.

Em Arcozelo (Vila Nova de Gaia), a greve decorreu das 14 às 16 horas; em Ribeirão (Vila Nova de Famalicão), das 13 às 15.

 


Ver também:
- Vídeo da US Porto sobre a luta no Grupo Cabelte (19.5.2017)
- Notícia na Porto Canal (20.5.2017)
- Greves pelos salários no Grupo Cabelte (15.5.2017)