20160713Autoeuropa-arquivoCom grande participação dos trabalhadores, que demonstraram entusiasmo e confiança para enfrentar a chantagem patronal dos últimos tempos, nos dois plenários de hoje na Volkswagen Autoeuropa foi reafirmada a defesa do horário de segunda a sexta-feira e foi ampliado o apelo à realização de uma forte greve, com início às 23h30 de amanhã, 29 de Agosto.
28.8.2017



Publicamos a resolução aprovada no plenário da manhã e no plenário da tarde, por expressiva maioria, com um voto contra e sete abstenções.

Resolução

Os trabalhadores da Autoeuropa, reunidos nos plenários realizados no dia 28/8/2017, para analisarem a intenção da empresa de alterar os horários de trabalho, concluem:

  • A Autoeuropa é a empresa onde temos dedicado uma parte importante da nossa vida, do nosso esforço, empenhamento, profissionalismo, inteligência e dedicação, ao longo de décadas de trabalho, sempre correspondendo à exigências de produção que nos têm sido colocadas;

  • A Autoeuropa é, no plano nacional e internacional, reconhecida como muito importante, tanto no plano económico como social, porque nós, trabalhadores, somos o motor do desenvolvimento desta fábrica;

  • É por isso que afirmamos de forma inequívoca a nossa rejeição a todo o tipo de chantagem que tem sido exercida por parte da Administração, com o propósito de agravar as nossas condições de trabalho, através da pretensa alteração aos horários de trabalho;

  • Daí que, no seguimento dos plenários anteriormente realizados pela CT, do abaixo-assinado entregue pela comissão sindical e do referendo realizado no passado dia 28/7/2017, reafirmamos a rejeição da proposta que a Administração apresentou, de horário de trabalho com a obrigatoriedade de trabalhar ao sábado e a sua imposição;

  • O dinheiro não apaga o desgaste físico e a saúde que se perde, o tempo de ausência com a família, o direito ao descanso e ao lazer, ao desporto e à cultura, o direito a uma vida pessoal e familiar, com a qualidade a que temos direito, onde se inclui o fim-de-semana;

  • Os trabalhadores presentes nos plenários apelam a todos os colegas que não estiveram presentes para que participem de forma determinada na greve marcada a partir das 23h30 do dia 29/8, até às 24 horas do dia 30/8;

  • Mandatam a comissão sindical para marcar novo plenário e discutir outras acções a desenvolver, caso não se verifique qualquer alteração por parte da Administração da empresa em relação à  proposta apresentada.

Ver também:
- Resolução em pdf
- Preparados na Autoeuropa os passos seguintes da luta (18.8.2017)