20171222ARMadeiraUm grupo de trabalhadores da Águas e Resíduos da Madeira reuniu-se ontem, em protesto, frente à sede da empresa e, depois, junto à Assembleia Legislativa Regional, no Funchal, para exigir aumentos salariais em 2018. Na acção participou o coordenador da Fiequimetal, Rogério Silva.
23.12.2017



Nessa altura, o Parlamento regional votava o Orçamento da região para 2018.
Os trabalhadores da ARM exigem que seja posto fim aos cortes impostos durante o «plano de ajustamento económico e financeiro».

Ver também:
- Trabalhadores em protesto junto ao parlamento madeirense exigem aumentos salariais (Agência Lusa, no Diário de Notícias do Funchal, 22.12.2017)
- Trabalhadores da Águas e Resíduos da Madeira protestam junto à porta da empresa por atualização salarial (JM Madeira, 22.12.2017)