edp2018 rev-salarialA pouca disponibilidade negocial da administração da EDP ficou demonstrada, mais uma vez, na sessão de dia 7, quando colocou na mesa a alteração da sua proposta salarial, para apenas 0,4 por cento. A Comissão Negociadora Sindical da Fiequimetal, por sua vez, provou que pretende rapidez e eficácia.
9.2.2018



Numa informação enviada para os diversos locais de trabalho, a CNS/Fiequimetal faz uma súmula daquela reunião, na qual a comissão negociadora do Grupo EDP ainda alterou a proposta para 0,6 por cento, reconhecendo depois que não tinha condições para responder à nova alteração da posição sindical (3,2 por cento).

Nas duas primeiras reuniões de negociação da tabela salarial e rubricas de expressão pecuniária, para vigorar em 2018, a CN/EDP apresentou uma proposta de apenas 0,2 por cento, repetindo a posição que assumiu em 2017.

A próxima reunião ficou marcada para dia 14.

Ver também:
- Informação da CNS/Fiequimetal