20171219Autoeuropa cgtp-inPara segunda-feira, dia 12, foi anunciado mais um dia de paragem da produção na Volkswagen Autoeuropa, alegando falta de peças. Esta é a mesma fábrica onde a administração alimentou um conflito laboral, para impor trabalho ao sábado, como se fosse um dia normal.
9.2.2018

 

Esta paragem não é a primeira, nem sequer a segunda, nos últimos meses. Em Dezembro, ocorreram «dias de não produção» a 15 e entre 26 e 29. Em Janeiro, parou um turno no dia 31.

Mas esta paragem é a primeira que ocorre desde que entrou em vigor a imposição da administração quanto aos novos horários de trabalho, procurando fazer do sábado um dia normal e escapar à obrigação dos dias de descanso semanal obrigatório e complementar.

É certamente com este objectivo ainda presente que a administração tomou a decisão de parar numa segunda-feira. Mesmo que alguém possa entender como «boa vontade» patronal para se brincar ao Carnaval, é difícil explicar o motivo por que uma paragem destas não poderia ser programada para um sábado.

A não ser que a administração receie que, programando a paragem para um sábado, ficasse ainda mais claro que na Autoeuropa não foi devidamente acautelada a planificação da produção e que, em última instância, a imposição dos novos horários não é a única via para responder ao aumento da produção.

 

O Secretariado da Fiequimetal
A Comissão Executiva do SITE Sul