europa-kraft-viana-arquivoForam aprovados, primeiro pela comissão negociadora sindical e, depois, pelos trabalhadores, em plenário, os valores de actualização salarial propostos pela administração da Europac Kraft Viana, prevendo em 2018 um aumento de 60 euros no salário-base.
27.3.2018



A este aumento na remuneração-base de cada trabalhador, acresce um por cento de actualização dos valores das cláusulas pecuniárias, com efeitos a 1 de Janeiro, enquanto o salário mínimo de entrada passa a ser de 700 euros.

O acordo, ontem divulgado pelo SITE Norte, inclui ainda 2019 e 2020. Em cada ano, fica assegurado um aumento de 45 euros no salário-base de cada trabalhador, acrescendo 0,8 por cento na actualização das cláusulas de expressão pecuniária.

A proposta patronal foi negociada numa reunião realizada dia 14 de Fevereiro, entre a comissão negociadora sindical e representantes da empresa, e foi aprovada pelos trabalhadores em plenário dia 20 de Fevereiro.

Em Janeiro, tinha sido rejeitada uma proposta da empresa para aumentos a três anos, em percentagem e indexados à inflação.

Ver também:
- Comunicado do SITE Norte aos trabalhadores da Europac Kraft Viana