20191018Tesco greveA greve hoje realizada pelos trabalhadores da Tesco foi muito participada, inclusive no turno da noite, e houve secções paradas, como foi o caso da fundição, informou o SITE Norte. Nova paralisação está marcada para dia 25.
18.10.2019

 

Da multinacional, que produz componentes para o sector automóvel, os trabalhadores exigem: aumento salarial justo; fim da discriminação salarial; redução do horário de trabalho; passagem ao quadro da empresa dos trabalhadores com contratos a termo ou temporários; aumento do subsídio de refeição; 25 dias úteis de férias.

Na concentração à porta da empresa, em solidariedade com os trabalhadores, esteve uma delegação do SITE Norte, da qual fizeram parte o responsável do sindicato pelo distrito de Braga, Joaquim Costa, e o coordenador, Miguel Ângelo.

Foram feitas várias intervenções por parte dos dirigentes e de trabalhadores da empresa, valorizando a luta e mobilizando já para a próxima greve, daqui a uma semana.

Nesta concentração esteve presente  uma delegação do PCP, que declarou o seu apoio aos objectivos da luta.

 

Ver também
- Trabalhadores da Tesco em greve (O Povo Famalicense, 18.10.2019, vídeo)
- Greve na Tesco por mais direitos (AbrilAbril, 18.10.2019)
- Concretiza-se sexta-feira greve na Tesco (16.10.2019)