20200205AutoneumOs trabalhadores da Autoneum Portugal, num plenário realizado ontem à tarde, na portaria da fábrica, no  Alto da Guerra, em Setúbal, decidiram marcar 24 horas de greve para dia 17, por aumentos salariais de 90 euros, entre outras reivindicações.
6.2.2020

 

A greve foi decidida perante a ausência de resposta patronal às justas reivindicações dos trabalhadores.

Além da actualização salarial, é exigido: a valorização das carreiras profissionais; a integração no quadro de efectivos de todos os trabalhadores com vínculo precário; a melhoria das condições de trabalho, designadamente com implementação de medidas de prevenção de acidentes de trabalho e doenças profissionais.

No plenário, organizado pelo SITE Sul e que contou com a participação dos coordenadores da Fiequimetal, Rogério Silva, e da União dos Sindicatos de Setúbal, Luís Leitão, intervieram vários trabalhadores, a relatar a degradação das condições de trabalho e a afirmar a determinação de continuar a luta.

A Autoneum Portugal pertence a uma multinacional com origem e sede na Suíça. Produz componentes para o sector automóvel, fornecendo marcas como a Land Rover, a Jaguar e a Volkswagen (Autoeuropa) entre outras.

 

Algumas fotos do plenário (clique para ampliar e navegar)