20200609Navigator Setubal 1As reivindicações dos trabalhadores das empresas do Grupo The Navigator Company para o ano em curso, aprovadas no dia 9 em plenários bem participados, apesar das situações de lay-off, têm em conta a situação actual.
19.6.2020

 

Entre outras reivindicações específicas de cada empresa, os trabalhadores exigem, como se refere num comunicado da Fiequimetal:

- 90 euros de aumento em todos os salários, com efeitos a Janeiro 2020;
- 850 euros como mínimo nos salários de admissão;
- redução progressiva dos horários semanais para 35 horas.

Na análise da situação no grupo, sobressaem os resultados fabulosos obtidos em 2019, nomeadamente:

• Volume de negócios: 1688 milhões de euros;
• EBITDA: 372 milhões de euros;
• Margem EBITDA/Vendas: 22%;
• Resultados líquidos: 168 milhões de euros;
• Cash flow livre: 186 milhões de euros;
• Dividendos pagos: 200 milhões de euros.

É ainda necessário ter presente que, já no ano em curso, o Grupo distribuiu dividendos, no valor de 68 milhões de euros, e o fundo de reserva foi reforçado com 100 milhões de euros.

Por outro lado, a Navigator recorreu ao lay-off, socorrendo-se dos fundos da Segurança Social para aliviar despesas.

Estão reunidas as condições para a satisfação das reivindicações dos trabalhadores!

 

Plano de Carreiras

A negociação do Plano de Carreiras continua.
Na reunião de dia 17, a administração continuou a marcar passo.
Ficou marcada nova sessão de negociação para dia 23, de tarde, realizando-se de manhã uma reunião de representantes dos trabalhadores.

 

Ver também
- Comunicado aos trabalhadores das empresas do Grupo The Navigator Company
- Na negociação de carreiras Navigator marca passo (8.6.2020)

 

Fotos no plenário em Setúbal