edp materias pendentes 2020A administração da EDP não cumpriu o compromisso de enviar as suas propostas para preparação da posição sindical na reunião marcada para amanhã, sobre matérias que interessam à melhoria das condições dos trabalhadores. Atrasos podem denotar desinteresse, alerta a Fiequimetal.
30.6.2020

 

Numa informação hoje divulgada aos trabalhadores, a federação lembra que dia 17, na primeira reunião de negociação de matérias que vão para lá da tabela salarial, ficou acordado que, das matérias propostas, se começaria por quelas que já têm antecedentes negociais, de modo a ficarem resolvidas mais rapidamente. É o caso do Protocolo TET (trabalhos em tensão) e do subsídio de estudo a descendentes de trabalhadores.

Com a reunião marcada para dali a duas semanas, a 1 de Julho, ficou o compromisso da administração de enviar documentos com as suas propostas, para que se pudesse preparar a discussão.

Ora, afirma-se no comunicado, os atrasos nesse envio não contribuem para o bom andamento dos trabalhos e denotam algum desinteresse, por parte da administração, em resolver os temas com rapidez, como se tinha comprometido.

Não se pode continuar com esta situação se se pretende encerrar o processo dos TET antes das férias e o subsídio de estudo antes do próximo ano lectivo - tal como ficou acordado a 17 de Junho.

A federação relembra que a mudança de paradigma nas negociações salariais se deveu ao descontentamento crescente dos trabalhadores, que representou uma mensagem de muito maiores expectativas da negociação, quanto ao conteúdo e rapidez.

Mantendo essa força combativa na defesa dos direitos, com união e acção, será possível conseguir mais e melhores direitos.

 

Ver também
- Informação N.º 2, de 30 de Junho
- Informação N.º 1, de 16 de Junho (matérias a negociar)