20210521GrupoAdP-sedeA greve de 11 de Junho nas empresas do Grupo Águas de Portugal, pelo cumprimento do ACT, o aumento dos salários, a dignificação das carreiras, a redução dos horários e a melhoria das condições de trabalho, vai ter expressão de rua, na ETAR (fábrica de água) de Alcântara, em Lisboa.
10.6.2021

 

O SITE CSRA, a Fiequimetal e o STAL vão realizar ali uma concentração, às 10h30, que contará com a presença de Isabel Camarinha, secretária-geral da CGTP-IN, e de outros dirigentes sindicais.

A greve realiza-se porque as administrações da AdP e das empresas participadas não responderam ao alerta deixado, a 21 de Maio, nas sedes da EDP e do Grupo, onde tiveram lugar acções de protesto.

Numa resolução aí aprovada, foram reafirmadas as exigências dos trabalhadores e reforçados os argumentos a seu favor.

Da administração esperava-se que assumisse sem mais delongas e desculpas a concretização das medidas necessárias à valorização dos trabalhadores. Como assim não sucedeu, não restou outra alternativa que não fosse o recurso à greve, como forma de protesto, mas, também, de exigência de diálogo, negociação e soluções para os problemas concretos.

 

20210527AdP cartaz 11jun
Ver também
- Convocada greve para dia 11 no Grupo Águas de Portugal (29.5.2021)

 - Resolução de 21 de Maio
 - Pré-aviso de greve
 - Folheto de mobilização para a greve