Federação Intersindical das Indústrias Metalúrgicas, Químicas, Eléctricas, Farmacêutica, Celulose, Papel, Gráfica, Imprensa, Energia e Minas - CGTP-IN

VW-Autoeuropa-arquivoA administração da VW Autoeuropa, que há muito anunciou a necessidade de efectuar paragens, volta a recorrer abusivamente ao lay-off para tentar financiar parte dos seus investimentos na fábrica, à custa do dinheiro da Segurança Social, acusa a Comissão Sindical do SITE Sul.
10.5.2024

 

Num comunicado hoje emitido, considera-se abusivo o recurso ao lay-off e exige-se que esta medida seja rigorosamente fiscalizada pelo Governo e respectivos ministérios, na sua fundamentação.

A VW Autoeuropa há muito que anunciou a sua necessidade de efectuar paragens, para a preparação do novo modelo e descarbonização da fábrica.

Além disso, desde 2020, recorreu ao lay-off por diversas vezes e por motivos diversos. No último processo, os trabalhadores sofreram um corte salarial de 5% e foram penalizados no pagamento da compensação do trabalho ao fim-de-semana.

A Comissão Sindical lembra que, em 16 de Janeiro, a administração comunicou a sua saída do consórcio Drivolution, concorrente aos fundos do PRR, por não cumprimento da norma DNSH. Com este recurso ao lay-off, vem tentar financiar parte dos seus investimentos na fábrica.

Entretanto, os accionistas do Grupo VW continuam a receber dividendos. A fábrica de Palmela, fruto do esforço exigido diariamente aos trabalhadores, dá um forte contributo para os lucros milionários anunciados pelo Grupo VW.

 

Não penalizar os trabalhadores

A administração da VW Autoeuropa só tem uma opção: garantir a totalidade da remuneração mensal dos trabalhadores no período em que vigorar o lay-off. A Comissão Sindical sublinha que estas paragens são programadas pela empresa, não decorrem de nenhuma situação excepcional e estranha à sua vontade e os motivos são alheios à vontade dos trabalhadores.

O pagamento integral da habitual remuneração mensal deve ser assegurado aos trabalhadores da VW Autoeuropa e de outras empresas, que sejam incluídos neste processo.

 

Ver também
Comunicado da Comissão Sindical do SITE Sul na VW Autoeuropa

 

Subscrever notícias (mailing list)