20190219Aptiv delphi castelo branco arquivoO SITE CSRA valoriza o anúncio de que cerca de cem trabalhadores que estão com vínculo precário vão passar a efectivos a partir de 1 de Março, na fábrica da Aptiv (antiga Delphi Automotive) em Castelo Branco.
19.2.2019

 

A alegação de condicionantes de mercado tem servido como justificação para esta empresa, como outras no sector automóvel, manterem um grande número de trabalhadores com diversos tipos de vínculos precários. O SITE CSRA e a Fiequimetal defendem há muito - e têm inscrito essa exigência nos cadernos reivindicativos - que a cada posto de trabalho permanente deve corresponder um vínculo laboral efectivo.

No comunicado em que deu conta da iniciativa patronal, o sindicato reafirmou que continuará a defender a passagem a efectivos de todos os outros trabalhadores que a Aptiv ainda retém em situação precária.

Apesar das «oscilações do mercado», a precariedade laboral não pode ser a regra na contratação. Não é posta em risco a viabilidade de nenhuma empresa, se uma pequena parte dos lucros reverter para a melhoria da vida familiar e a estabilidade laboral dos trabalhadores.

Fica mais uma vez comprovado que, unidos, organizados e dispostos a lutar, os trabalhadores conseguem conquistar melhores condições de vida e de trabalho.