20190304CincaOs trabalhadores da Cinca (Companhia Industrial de Cerâmica) fizeram ontem greve, exigindo aumento dos salários, reposição das categorias profissionais retiradas, eliminação do assédio no trabalho, fim das discriminações salariais e aumento dos dias de férias.
5.3.2019

 

Na unidade fabril da Mealhada a adesão à greve, convocada pelos sindicatos da CGTP-IN, foi de cerca de 80 por cento, sendo que entre os trabalhadores da manutenção (organizados no SITE Centro-Norte) a adesão ultrapassou os 90 por cento.
De manhã, durante a greve, várias dezenas de trabalhadores concentraram-se no exterior desta fábrica. No local esteve também o secretário-geral da CGTP-IN, Arménio Carlos.

 

Imagens da concentração

Ver também
- Trabalhadores das cerâmicas Cinca em greve (AbrilAbril, 4.3.2019)
Greve nas três fábricas da Cinca em Aveiro (SIC Notícias, 4.3.2019)