20170210OricaA apresentação do pré-aviso de greve a todo o trabalho suplementar prestado aos sábados, domingos e feriados levou a administração da Orica Mining Services Portugal (fábrica de explosivos em Aljustrel) a recuar e ir ao encontro das justas reivindicações dos trabalhadores, informou o SITE Sul.
21.2.2017

 

Numa reunião do sindicato com a administração, no dia 16, foi apresentada uma nova proposta, que foi aprovada em plenário de trabalhadores no dia seguinte e que prevê:

- Aumento salarial de 2%, com mínimo de 25 euros;
- Um prémio de sustentabilidade, trimestral, no valor de 100 euros;
- Subsídio de refeição no valor de 8,65 euros;
- Manutenção do pagamento de todo o trabalho suplementar de acordo com o Contrato Colectivo das indústrias químicas, subscrito pela Fiequimetal;
- Aplicação de uma grelha salarial e progressão nas carreiras profissionais, a partir de Maio de 2017;
- A empresa vai corrigir as diferenças salariais existentes entre trabalhadores que desem­penham as mesmas funções e que têm a mesma categoria profissional;
- Seguro de vida, no valor mínimo de 25 mil euros, para todos os trabalhadores;
- Manutenção do seguro de saúde para todos os trabalhadores e familiares, sem qualquer custo para os trabalhadores.

O SITE Sul salienta que este acordo é a prova evidente de que vale sempre a pena lutar, pois só foi possível devido à unidade e luta dos trabalhadores da Orica Mining Services Portugal.

 

Ver também:
- Comunicado do SITE Sul
- Decidida greve na Orica aos fins-de-semana (13.2.2017)