20190415DuraAutomotivePerante a ameaça de perda de um dos principais clientes, os trabalhadores da DURA Automotive reuniram-se ontem à porta desta importante unidade industrial e tomaram decisões para desenvolver a luta em defesa dos postos de trabalho, informou o SITE Centro-Norte.
16.4.2019

 

Os trabalhadores realizaram um plenário ontem, dia 15, à porta da fábrica, em protesto contra a falta de resposta da empresa à situação muito preocupante que ali se vive, pois pode estar em causa a manutenção da laboração desta unidade fabril que produz componentes para a indústria automóvel.

Recentemente os trabalhadores, a CT e o SITE Centro-Norte tiveram conhecimento de que a Magna BÖCO GmbH, uma das principais clientes da Dura Automotive, responsável por mais de metade da ocupação da mão-de-obra, comunicou a intenção de retirar as suas encomendas e moldes até finais de Agosto do corrente ano, pois pretende deslocar a produção para a Índia.

Esta medida irá criar um enorme impacto social e laboral num distrito com cada vez menos oferta de emprego. Por isso, a CT e o sindicato já requereram reuniões à Câmara Municipal da Guarda e ao Ministério da Economia, com o intuito de encontrar formas de ultrapassar esta situação.

Neste plenário, os trabalhadores aprovaram realizar uma deslocação ao Ministério da Economia, caso não exista uma resposta positiva à exigência de serem ouvidos acerca destas preocupações.