20220411HBrehmOs trabalhadores da metalúrgica H. Brehm, cuja falência começou em 1989, receberam finalmente a totalidade das verbas a que tinham direito, embora brutalmente desvalorizadas por terem decorrido mais de três décadas desde que os créditos foram reconhecidos.
21.4.2022

 

A luta e o sofrimento dos trabalhadores começara uns anos antes do processo de falência da H. Brehm, recordou o SITE CSRA, que concluiu este processo, iniciado pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Lisboa.

A empresa tem uma história verdadeiramente inacreditável, em que se incluiu um episódio de «desaparecimento» de mais de um milhão de euros (200 mil contos, à época), «levados» por uma inundação na leiloeira que efectuou a venda dos bens da falida e que o liquidatário judicial de então «desconhecia».

Finalmente, os 46 trabalhadores credores (ou os herdeiros) puderam receber os seus créditos.

Os trabalhadores que eram associados do Sindicato dos Metalúrgicos reuniram-se na sede do SITE CSRA, na segunda-feira, dia 11, para receberem juntos os seus cheques.

 

20220411HBrehm