edprevsalarial2020No dia 5, quarta-feira, das 8h30 às 10h30, junto da Altice Arena, dirigentes e activistas da Fiequimetal e dos sindicatos vão fazer o contraponto dos «Encontros EDP», cuja edição anual ali se inicia nessa manhã.
3.2.2020

 

Aos trabalhadores e à população será distribuída uma tarjeta, esclarecendo que «Estamos desencontrados!».

À entrada para o mega-evento de comunicação interna, vai ser salientado que a EDP teve, só nos últimos três anos, mais de 3500 milhões de euros de lucros, que engordaram as contas dos accionistas e nada geraram de positivo para a economia nacional e para o País.

O desencontro, como se refere no documento, está no bolso dos trabalhadores e na forma como fazem de «colaborador» um sinónimo de «trabalha em prol dos resultados estritamente para accionistas e remunerações inaceitáveis dos gestores».

Perante o desencontro entre as palavras, cuidadas ao milímetro para alimentarem a imagem virtual de uma empresa de excelência, e aquilo que sabe e sente quem trabalha na EDP, a resposta dos trabalhadores é dar mais força à reivindicação.

Desta forma, será possível demover a administração da sua posição miserabilista nas negociações salariais.

EDP propôs 0,2 por cento

Na reunião de negociação da revisão salarial para 2020, realizada no dia 29 de Janeiro, a EDP apresentou valores irrisórios.

A comissão negociadora sindical (CNS) liderada pela Fiequimetal repudiou a actualização de 0,2 por cento, proposta pela administração, e reiterou a reivindicação de mais 90 euros no salário de todos os trabalhadores.

Numa informação distribuída nos locais de trabalho, é relembrada a necessidade de valorizar os salários, até porque a EDP tem acumulado lucros milionários e pode perfeitamente fazer uma melhor distribuição da riqueza criada pelos trabalhadores.

Repudiando a forma como a administração usa os números para justificar a sua proposta miserabilista, a CNS/Fiequimetal espera que a Administração venha a reconsiderar a sua posição, por forma a iniciar uma negociação séria já na próxima reunião, marcada para amanhã, dia 4.


Ver também
- Informação N.º 3, sobre a reunião de 29.01.2020
- Informação N.º 2, sobre a reunião de 22.01.2020
- Informação N.º 1, com proposta de tabela salarial para 2020