edprevsalarial2020A administração iniciou a reunião de ontem a propor um adiamento das negociações salariais até ao fim do estado de emergência. A Fiequimetal contestou desde logo este adiamento e apela a que os trabalhadores se mantenham alerta e reforcem a ligação aos seus sindicatos.
26.3.2020

 

A proposta da comissão negociadora patronal - como se afirma na informação divulgada pela comissão negociadora sindical da Fiequimetal - apenas visa os aumentos salariais dos trabalhadores, pois não se fala em qualquer suspensão dos imensos lucros dos accionistas.

Além disso, tal posição da administração contraria as afirmações públicas de elogio aos trabalhadores, que têm demonstrado coragem e dedicação extraordinárias. Para ser consequente, a administração deveria aceitar que estamos numa altura por excelência para valorizar os trabalhadores.

A CNS/Fiequimetal assinala que o custo de vida está a aumentar substancialmente, devido à crise sanitária e a manobras de especulação diversas.

A administração tem condições para efectuar um aumento substancial dos salários. Os lucros são sobejamente conhecidos e o serviço está a ser prestado sem grandes interrupções, com o esforço acrescido dos trabalhadores.

Os trabalhadores devem colocar aos seus sindicatos todas as dúvidas e expor quaisquer questões que afectem o seu trabalho, através dos delegados sindicais ou por correio electrónico: SITE Norte (site-norte@site-norte.pt), SITE Centro-Norte (sitecn@net.novis.pt), SITE Sul (geral@sitesul.pt) e SIESI (siesi@siesi.pt)

A próxima reunião ficou marcada para quarta-feira, 1 de Abril. Não se pode aceitar que, como a administração já declarou pretender, a reunião sirva apenas para fazer o ponto da situação da crise sanitária.

 

Negociar ou fazer de conta?

No dia 23, segunda-feira, realizou-se por videoconferência a reunião que deveria ter acontecido na quarta-feira, dia 18.

A administração manteve o seu registo, fazendo de conta que negoceia, e não alterou o valor da sua proposta: 0,5 por cento.

A CNS/Fiequimetal também não alterou a sua proposta e reiterou que estará sempre na disponibilidade para negociar, assim os valores apresentados pela administração permitam aumentos reais dos salários e valorizar os trabalhadores.

Na informação difundida pela comissão negociadora sindical são referidos outros assuntos surgidos nesta reunião.

 

Ver também
- Informação N.º 12, sobre a reunião de 25.3.2020
- Informação N.º 11, sobre a reunião de 23.3.2020
- EDP sem desculpa deve prosseguir negociação (19.3.2020)